Contato: +55 31 3264-1212     E-mail: persona@personaviagens.com

SALE

Camboja

Revolution Slider Error: Slider with alias camboja not found.

Maybe you mean: 'homepage' or 'eua' or 'indochina' or 'costarica' or 'canada' or 'franca' or 'grecia' or 'chile' or 'espanha' or 'italia' or 'mexico' or 'portugal' or 'gra bretanha' or 'repdom' or 'colombia' or 'peru' or 'uruguai' or 'argentina' or 'cuba' or 'turquia' or 'amazonia' or 'japao' or 'comandatuba' or 'praia-do-forte' or 'porto-de-galinhas' or 'natal' or 'pipa' or 'silversea' or 'africa-do-sul' or 'portuga-bicicleta' or 'australia' or 'cruzeiro-fluvial' or 'roteiro-cru-fluvial' or 'turks-e-caicos' or 'nannai' or 'txai-itacare' or 'zorah' or 'kenoa' or 'dplaguna' or 'tropical-resort' or 'grotta' or 'slider40' or 'slider40' or 'grotta'


Lugar intenso, deslumbrante e emocionante, o Camboja encanta por suas belezas naturais e pelo povo alegre e espiritual. Apesar do passado violento e destrutivo recente, o país hoje aflora com sua bela cultura e a conservação de sítios históricos e templos.

Os mercados, feirinhas e barracas oferecem de tudo e atraem turistas e locais. No enorme Mercado Central de Phnom Penh (capital do país) encontra-se de tudo (até o que você nem sabia que precisava). Quando o Mercado fecha, uma feira noturna levanta suas barracas e espalha-se pelas ruas ao redor. Durante o dia podem-se explorar várias atrações, a começar pelo Palácio Real. Dourado por fora e cercado por jardins coloridos, ele fica ao lado do Museu Nacional, que possui uma rica coleção de 14 mil itens, entre esculturas, objetos de arte e de arqueologia. Wat Phnom, o principal ponto turístico da capital, é um templo budista do século 14 que se ergue sobre uma colina.

O passado triste pode ser sentido nos chamados “killing fields”, campos onde as vítimas do genocídio provocado pelo Khmer Vermelho eram enterradas em valas comuns. O mais conhecido desses campos é o chamado Choeung Ek, que possui um monumento ao centro, cheio de crânios das vítimas. O Museu do Genocídio Tuol Sleng conta a história desse período negro, em que o ditador Pol Pot liderou o extermínio de mais de um milhão a três milhões de pessoas, por serem intelectuais ou contrários ao governo. A tristeza desse lugar é suavizada pela beleza da natureza que surge ao lado das estradas e pelo sorriso tímido, mas sempre presente, dos locais.

A cerca de 400 quilômetros da capital está Siem Reap, uma cidade com ares de vilarejo, mas dotada de tudo que um bom destino turístico pode oferecer. Nos últimos anos, houve um crescimento de bons hotéis e estabelecimentos na região, onde pode-se encontrar bares e restaurantes com cardápios em inglês, o agitado mercado noturno de Psar Chaa e os spas à moda asiática. Um dos motivos desse progresso é o Parque Arqueológico de Angkor – uma área de 1000 quilômetros quadrados, onde incríveis florestas verdes entremeiam as ruínas de sítios arqueológicos e templos, dentre eles o templo de Angkor Wat, o mais místico e imponente deles. Ainda em Angkor, há o fascinante templo Ta Prohm, cujas estruturas estão envoltas pelas raízes de grandes figueiras. Angkor Thom é outro ponto popular, um enorme complexo de quase 10 quilômetros quadrados cheios de monumentos e rostos esculpidos em pedras em suas torres.


MAPA






FAÇA SEU ORÇAMENTO